Bolsa-atleta: Confira a classificação final dos candidatos por pontos

0
223

Vanessa Ayala – Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte)

Após a análise dos recursos para concessão do Bolsa-atleta 2019, o Governo do Estado pela Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), torna público, o resultado final, por pontuação, dos candidatos que concorrem às 170 bolsas estaduais (referentes aos atletas).

A classificação, se encontra no Diário Oficial do Estado (DOE) nº 9.899. Link de acesso abaixo:

Diário Oficial n.9899

De acordo com o Comitê Gestor da Bolsa-Atleta (Cogeb) da Fundesporte, a próxima etapa para concessão do benefício estadual será a entrevista de caráter eliminatório.

O candidato convocado deverá comparecer a entrevista com os seguintes documentos, para conferência:

a) Original e cópia dos Documentos pessoais;

b) Original e cópia do Cadastro de pessoa Física – CPF

c) Original e cópia do Comprovante de residência atualizado;

d) Original e cópia do Cadastramento no PIS/ PASEP;

e) Original e cópia do Comprovante de Conta Corrente/salário no Banco do Brasil;

Nos casos de atleta menor de idade, o mesmo deverá ser assistido ou

representado pelo seu responsável legal.

Ressalta-se que o não comparecimento do candidato acarretará em sua eliminação, salvo se devidamente justificado com antecedência mínima de 24h (vinte e quatro) horas da data estabelecida no Diário Oficial nº 9.899.

O programa – Bolsa Atleta e Bolsa Técnico

O Governo do Estado por meio da Fundesporte, concederá 190 bolsas, nas categorias: 100 bolsas Estudantis, no valor de R$381,19, 50 bolsas nacionais e 20 bolsas pódio complementar, ambos com o valor mensal de R$871,29.

Para o Bolsa-Técnico foram oferecidas 20 bolsas, 10 para técnicos a nível escolar no valor de R$ 544,56 e as outras 10 bolsas para técnicos a nível nacional com o vencimento no valor de 816,84.

Ao todo foram realizadas mais de 600 inscrições para participar da seleção dos programas bolsa-atleta e bolsa-técnico.

Para este ano, o Governo do MS, investirá mais de 1,3 milhão no programa, um reajuste de R$ 152 mil no valor total do benefício.