Bruxa solta: mais uma morte no trânsito de Maracaju

0
1444

Da Redação

Diz o adágio popular que agosto é o mês do cachorro louco, das grandes tragédias e até que é um mês macabro.

Pode ser apenas coincidência, no entanto, este mês de agosto de 2019, já está considerado um dos mais terríveis dos últimos anos.

No primeiro dia do mês, uma queimada devastou canavial, campo e canavial na BR que liga Maracaju a Sidrolândia, depois mais queimadas e acidentes fatais marcaram o mês.

E nos últimos dias, registros de acidente com uma Kombi e 11 vítimas com ferimentos de leve a média gravidade, um Siena capotou próximo ao papagaios, perseguição cinematográfica da Polícia Rodoviária Federal nas rua de Maracaju e nos final de semana, mais acidentes e até vítima fatal.

Para quem acredita nestes tipos de “premonições” vale ficar antenados e pensamento positivo para afastar o mau agouro.

Acidente fatal

Neste domingo, mais um acidente envolvendo motociclista entrou para a estatística de mortes no trânsito da cidade. Um motociclista veio a óbito na tarde deste domingo, 18, quando em alta velocidade perdeu o controle da motocicleta e colidiu com um muro na região do bairro Nenê Fernandes, e morreu antes mesmo de receber os primeiros socorros do Corpo de Bombeiros, dado a complexidade dos ferimentos.

Uma mulher que era carona na motocicleta, foi arremessada, o capacete saiu da cabeça e a mesma precisou ser removida para o pronto socorro para atendimento médico hospitalar.

O motociclista foi identificado por Cristian da Silva Gamarra, 22, era conhecido como “tarugo”, e a jovem que estava com ele no momento do acidente, foi identificada com as iniciais de I. C da C. menor de 16 anos.

 

matéria reeditada para acréscimo de informações