Candidato à Presidência Eduardo Campos morre em acidente aéreo em Santos

0
153

O candidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos, de 49 anos, estava no jatinho que caiu na manhã desta quarta-feira (13) em Santos, litoral de São Paulo, segundo informações da Folha de São Paulo. O presidenciável e outras seis pessoas que estavam no avião morreram na hora. Cinco passageiros, o piloto e o copiloto estariam a bordo e outras sete pessoas são atendidas no hospital local, segundo as primeiras informações.

 

Campos cumpriria agenda em Santos com sua candidata a vice, Marina Silva (PSB), que não estava no voo. A aeronave teria partido do aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, com destino a Santos (SP). O acidente aconteceu na rua Vahia de Abreu, no bairro do Boqueirão, região central de Santos. 

 

De acordo com o Corpo de Bombeiros, há pelos menos 10 vítimas. Ainda não há informações sobre o estado de saúde delas. O Comando da Aeronáutica informou que o acidente aconteceu por volta das 10h. A aeronave Cessna 560XL, prefixo PR-AFA, decolou do aeroporto Santos Dumont, no Rio, e tinha como destino o aeroporto de Guarujá, no litoral.

 

Segundo a FAB (Força Aérea Brasileira), perto das 9h50 o piloto da aeronave informou que tinha pouca visibilidade para pousar no Guarujá e arremeteu a aeronave. Logo após, a torre perdeu contato com o avião –que tem capacidade para 12 pessoas, em configuração padrão.

 

Segundo o presidente do PSB-SP, Márcio França, que aguardava Campos na base aérea do Guarujá, a aeronave arremeteu. “Perdemos contato com o avião depois disso”, afirmou França.

 

Depois disso, durante cerca de uma hora, houve uma troca incessante de telefonemas entre integrantes da campanha, jornalistas e autoridades aeronáuticas para tentar localizar Campos.

 

Matéria editada às 12h08 para acréscimo de informações.