Chega a 47,2 mil o número de pessoas atingidas pela chuva no RS

0
299

Ponto de alagamento em Alvorada (Foto: Everton Silveira/Raw Image/Estadão Conteúdo)

Número representa aumento de 23,6% em relação ao informado pela manhã.
Total de desabrigados, no entanto, segue o mesmo da manhã, de 2.713.

O número de pessoas atingidas pela chuva que cai sobre parte do Rio Grande do Sul nos últimos dias aumentou para 47.271, conforme dados divulgados no começo da noite desta segunda-feira (20) pela Defesa Civil. O número de desabrigados, no entanto, segue o mesmo registrado no final da manhã, de 2.713, bem como o número de municípios sob transtornos, de 63.

O número de pessoas atingidas indica um crescimento de 23,6% no número de moradores que enfrentam transtornos, em relação aos 38 mil informados no final da manhã. O município de Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre, foi o que mais influenciou na alta. Lá, o Arroio Barnabé transbordou e alagou ruas na Vila Rica, deixando 840 desabrigados. A prefeitura pede que sejam feitas doações de roupas, cobertores e colchões no Ginásio Aldeião.
O governador José Ivo Sartori decretou situação de emergência em 26 municípios. O decreto coletivo abrange as cidades mais afetadas pelas enchentes. No entanto, novos municípios podem ser incluídos na lista ao longo da semana, conforme a gravidade dos casos.

O governador José Ivo Sartori decretou situação de emergência em 26 municípios. O decreto coletivo abrange as cidades mais afetadas pelas enchentes. No entanto, novos municípios podem ser incluídos na lista ao longo da semana, conforme a gravidade dos casos.

Chuva também causou transtornos em Alvorada
Chuva também causou transtornos em Alvorada

Esteio, na Região Metropolitana de Porto Alegre, é um dos mais prejudicados. Algumas pessoas que haviam retornado para suas casas tiveram de sair novamente no domingo (19) e na madrugada desta segunda em função dos alagamentos.
Segundo a Defesa Civil municipal, 300 pessoas foram levadas para abrigos no município durante a madrugada. O órgão alertou a população sobre a subida do Arroio Sapucaia.
A chuva também causou o bloqueio de quatro trechos de diferentes rodovias estaduais. Problemas como água na pista e queda de barreira foram verificados na ERS-502, VRS-865, ERS-239 e ERS-240.
De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o estado teve em 24 horas quase todo o volume de chuva esperado para o mês de julho. A média histórica para o mês fica em torno de 120 milímetros no estado, sendo que Santa Maria, na Região Central, e Mostardas, no Litoral Norte, tiveram 108.

G1