Dr Luiz Possi: o sarampo está no Brasil, é melhor prevenir

0
2540

Assessoria de Imprensa

Na manhã desta quinta-feira (29) 0 médio Luiz Possi Coordenador do departamento Saúde Atenção Básica do Município esteve nos meios de comunicações levando informações e esclarecimento a comunidade a respeito ao sarampo, doença que estava erradicada, mas voltou a preocupar o país

Sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus, que pode ser fatal. Sua transmissão ocorre quando o doente tossefalaespirra ou respira próximo de outras pessoas. A única maneira de evitar o sarampo é pela vacina. Os sintomas que a doença apresenta são: Manchas no corpo e no rosto
• Coceira • Conjuntivite• Febre • Tosse persistente
• Infecção no ouvido manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas que, em seguida, se espalham pelo corpo. Após o aparecimento das manchas, a persistência da febre é um sinal de alerta e pode indicar gravidade, principalmente em crianças menores de 5 anos de idade.

Dr Luiz lembrou que a doença já está presente em vários estados, São Paulo é o estado com maior incidência da doença.

Mato Grosso do Sul não existe nenhum caso da doença, havia várias suspeitas, mas todas descartadas. O médico pediu para que os pais fiquem atento nas carteiras de vacinação dos filhos menores de 5 anos, na dúvida procurem o posto de saúde. Lembrou ainda a todas as pessoas até 50 anos que forem viajar, e, as crianças também devem tomar a vacina com 15 dias de antecedência.

Ainda de acordo com Dr Luiz, O Ministério da Saúde orientou que todos os bebês entre seis meses e menos de um ano devem tomar uma “dose extra” da vacina, a atual campanha contra o sarampo também busca imunizar jovens de 15 a 29 anos. Além disso, a recomendação é para que todos sigam o Calendário Nacional de Vacinação. Ele disse ainda que fiquem atento que a campanha de vacinação será anunciada nos meios de comunicação. A Campanha também trará informação do dia e quais os grupos que devem se vacinar.