Enfrentou a policia, desacatou, tentou corromper e foi parar na cadeia

0
763
Batalhão de Polícia  Militar Rodoviária
  Base Operacional de Três Lagoas
A “OPRERAÇÃO TABACO E CARGA PESADA”* desenvolvida pelo BPMRv, em 21/03/2018,  na Rodovia MS-395, Km002, Brasilândia, onde foi dada ordem de parada ao veículo Meriva de cor branca e placas da cidade de Maracai-SP, conduzido por B.C.S 32 anos, tendo como acompanhante V.B.C.S de 37 anos.
Durante a abordagem os ocupantes do veículo demonstraram sinais evidentes de nervosismo e contradições quanto à origem e destino de suas viagens.
Diante a fundada suspeita foi realizado a revista no interior do veículo, foram encontrados diversos pneus que segundo o condutor foram adquiridos no país vizinho, Paraguai-PY. Porém sem a documentação exigidos por lei que corroborem sua regular importação.
Diante desse fato, foi informado aos ocupantes do veículo que os pneus seriam encaminhados à cidade de Três Lagoas para serem recolhidos, sob o termo de guarda para serem entres a Receita Federal da Cidade de Campo Grande.
Durante o deslocamento, na BR-158, no KM338, o condutor parou o veículo alegando problemas mecânicos e aproveitando o momento para oferecer propina de R$1000.00 (mil reais) aos PMRs para serem liberados. Diante do oferecimento  foi dada voz de prisão, no entanto o veículo empreendeu fuga em direção a cidade de Paulicéia-SP.
Durante o acompanhamento tático foram arremessadas objetos para fora do veículo que não foi possível identificar. condutor do veículo efetuou diversas ultrapassagens em local proibido (faixa dupla continua amarela), trafegou em alta velocidade na contramão de direção colocando em risco a vida de terceiros.
Porém, após o posto fiscal João André o veículo foi interceptado e nesta segunda abordagem o conduto partiu para cima dos PMRs sendo preciso fazer uso da força moderada e técnicas de imobilização, no entanto a  passageira tentava impedir a prisão.
Foi dada voz de prisão aos autores e com a chegada da VTR de Polícia Civil, em apoio,    foi possível conduzir os autores a delegacia.
Foram contabilizados 78 (setenta e oito) pneus.
Feito o termo de guarda para encaminhamento à Receita Federal de Campo Grande.