IFMS abre cursos de Engenharia Civil e Redes de Computadores em Aquidauana

0
231

Ascom/IFMS

Em 2018, IFMS vai oferecer 120 vagas para três cursos superiores em Aquidauana: Além de Redes de Computadores e Engenharia Civil, tem ainda Sistemas para Internet. Ingresso será pelo Sisu

Dos seis novos cursos de graduação que serão oferecidos pelo Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) em 2018, dois irão funcionar no Campus Aquidauana: o curso superior de Tecnologia em Redes de Computadores e o bacharelado em Engenharia Civil. Para ambos, serão abertas 40 vagas.

Com duração de cinco anos, o curso de Engenharia Civil será oferecido em período integral (manhã e tarde).

De acordo com Tomaz Leal Leite, professor que participou da elaboração do projeto pedagógico do curso, a oferta é reflexo da demanda por engenheiros civis na região.

“Apesar de o mercado da construção civil não estar favorável no momento, é grande a demanda por engenheiros no município e também nas cidades de Bodoquena, Dois Irmãos do Buriti e Miranda. Por meio da pesquisa e da extensão, o curso poderá auxiliar essas comunidades a suprir a carência em termos de infraestrutura”, afirmou Tomaz.

O projeto pedagógico e outras informações sobre a Engenharia Civil do IFMS estão na página do IFMS.

Informática – A partir de 2018, o Campus Aquidauana vai ofertar dois cursos superiores de tecnologia na área de Informática. Um deles é Sistemas para Internet, já oferecido pela unidade, que também terá 40 vagas abertas.

A outra oferta tem enfoque na infraestrutura de redes. O novo curso superior de Tecnologia em Redes de Computadores terá três anos de duração e será oferecido no período noturno.

O professor que presidiu a comissão responsável por elaborar o projeto pedagógico do curso, Luiz Fernando Segato dos Santos, explica que um curso complementa o outro.

“Tentamos casar as grades curriculares dos dois cursos superiores. O aluno pode fazer Sistemas para Internet e, depois, complementar com Redes de Computadores. Ele consegue, inclusive, eliminar disciplinas”, comentou.

Em relação à demanda local, Luiz Fernando explica que a região é bastante carente por profissionais da área. “Qualquer setor, seja o do agronegócio, comércio ou serviços, tem necessidade do profissional da área de redes de computadores. Muitas empresas terceirizam o serviço, e com o novo curso podemos mudar essa realidade”, explicou.

As principais informações e o projeto pedagógico do curso de Redes de Computadores estão na página do curso.

Ampliação – A diretora-geral do Campus Aquidauana, Hilda Romero, lembra que a criação de dois novos cursos superiores estava prevista no Plano de Desenvolvimento  da unidade, e que a ampliação permite a verticalização do ensino.

“O estudante que já faz o técnico em Informática e em Edificações no IFMS poderá cursar Engenharia Civil e Redes de Computadores, respectivamente, na mesma instituição. Os estudos de viabilidade demonstram que tanto os nossos alunos quanto os de escolas do ensino médio de Aquidauana, Dois Irmãos do Buriti, Anastácio, Miranda e Bodoquena têm interesse nessas graduações”, comentou Hilda.

Em relação à infraestrutura, a diretora explica que os laboratórios existentes no campus são suficientes para atender os estudantes pelos primeiros dois anos de funcionamento dos cursos de graduação.

“Nesse período, vamos trabalhar na aquisição de equipamentos para os laboratórios dos novos cursos superiores. Em relação ao corpo docente, já temos 80% dos professores tanto da Engenharia Civil quando do curso de Redes de Computadores”, explicou a diretora-geral.

Vagas – O IFMS irá ofertar mil vagas na graduação para o primeiro semestre de 2018. A oferta é 33% maior em comparação ao ano anterior, quando a instituição abriu 750 vagas para cursos superiores.

Serão oferecidas nove opções de cursos superiores de tecnologia, cinco de bacharelado e duas licenciaturas com vagas em Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Dourados, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas. Saiba mais sobre os cursos de graduação do IFMS.

O edital do IFMS com a oferta de vagas na graduação e as regras do processo seletivo deverá ser publicado na segunda quinzena de dezembro, na Central de Seleção.

O ingresso será feito por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para candidatos que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano.

A previsão é que as inscrições no Sisu  tenham início em janeiro. O cronograma ainda não foi divulgado pelo Ministério da Educação (MEC).