Marun pretende concluir relatório da CPMI da JBS nos próximos dias

0
97
Assessoria Marun
Foto: Alex Ferreira/Câmara dos Deputados
O relatório da CPMI da JBS deve ser apresentado na primeira quinzena de dezembro, encerrando os trabalhos da Comissão. A previsão foi dada à imprensa pelo relator, deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS), ao fim da 16ª sessão desta quinta-feira (30). “Os trabalhos da CPMI avançaram bastante. Os depoimentos apontam que é necessário aprimorar a delação premiada para que esses acordos continuem sendo válidos e legais”, disse Marun, vice-líder do PMDB na Câmara.
Na avaliação de Marun, os processos de delação premiada tem servido para que criminosos conquistem prematuramente a sua liberdade e preservem grande parte do patrimônio conquistado ilicitamente durante essas atividades criminosas.
Questionado por jornalistas sobre o depoimento de Rodrigo Janot, Marun afirmou que é direito do ex-procurador-geral da República não comparecer, “porém, ele coordenou toda a investigação que envolve o objeto de apuração da CPMI da JBS. Por isso, seria imprescindível e necessário o depoimento dele”, acrescentou o peemedebista.
Próximos passos
A votação do relatório na comissão, que é composta por 17 senadores e 17 deputados, ainda não tem data marcada. Para ser aprovado, o relatório do deputado Marun precisa da votação por maioria simples do colegiado.