Novas moradias para Campo Grande e interior do MS é fruto do trabalho incansável de Marun

0
41
Assessoria Marun
Após várias tratativas e reuniões junto ao Ministério das Cidades, buscando novos recursos para a área da habitação do Mato Grosso do Sul, o deputado Marun inicia a semana comemorando a destinação de verbas, oriundas do Governo Federal para a construção de novos empreendimentos habitacionais em Campo Grande e no interior do Estado.
A capital morena foi contemplada, nesta semana, após cinco anos sem assinar sequer um contrato de construção de novos empreendimentos habitacionais, com a vinda de mais de mil novas moradias que irão atender a população de baixíssima renda, por meio de parcerias entre o Governo Federal, Estadual e Municipal.
“Quem trabalha com afinco e determinação alcança seus objetivos e traz bons resultados e o trabalho que realizei e a dedicação que tive para que isso se tornasse realidade não foi em vão, e aproveito para parabenizar o prefeito Marcos Trad, o presidente da Emha, Enéas, o governador Reinaldo e a presidente da Agehab, Maria do Carmo e agradeço o presidente da República, Michel Temer, o ministro das Cidades, Bruno Araújo e o presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Ochi”, diz Marun.
Somente para a capital, serão construídas 1.234 unidades habitacionais, que serão divididas em seis residenciais, já no interior do Estado, serão construídas 200 novas moradias. São elas: 100 unidades em Sete Quedas e 100 em Paranaíba, totalizando 1.434 novas moradias no Mato Grosso do Sul.
À frente da Empresa Municipal de Habitação da capital e da Secretaria de Habitação e das Cidades do Mato Grosso do Sul, Marun se destacou como o maior construtor de casas da história de Campo Grande e do Estado. Para Marun, é de fundamental importância a articulação política junto ao Governo Federal na captação de recursos financeiros e investimento para a área da habitação. “A prioridade do meu mandato é suprir as necessidades da população sul-mato-grossense e, entre elas, está à habitação. Moradia digna é direito fundamental e acredito que até ano que vem vou inaugurar essas unidades”, disse o vice-líder do PMDB na Câmara.