O Eterno Brincar:Cheios de Desafios e Aprendizagens

0
99

 Prof.  Janaína Garcia

Antes de falar sobre   Educação Infantil entendo como importante lembrar que o atendimento a esta faixa etária surgiu na época da Revolução Industrial. Com a entrada da mulher no mercado de trabalho surgiu também a necessidade de se ter onde deixar as crianças para as mães trabalharem. Não havia, neste período, organização alguma para orientar este tipo de atendimento. Buscava-se apenas criar o espaço onde se deixar as crianças, sem qualquer preocupação com a necessidade do fazer pedagógico. Tal descaso representava uma temeridade à saúde e à integridade física das crianças.

Inicialmente, as mães deixavam seus filhos com pessoas que vendiam seus serviços em troca de abrigar e cuidar dos filhos de outras mulheres. O despreparo destas mulheres refletia no uso de mecanismos de violência para conseguirem manter a “ordem” no espaço, que, na maioria das vezes, também era inadequado para comportar um número maior de crianças.

Outro desafio de relevância é a compreensão de o que é ser professor de Educação Infantil (concepção de infância e concepção de prática educativa). Neste sentido, devem ser reconhecidos a identidade e o papel dos profissionais desta área. Educar e cuidar,  é muito diferente de “tomar conta”. Os profissionais não eram habilitados e, muitas vezes, não eram habilidosos, o que certamente impossibilitou que algumas destas crianças tivessem seus olhares básicos de desenvolvimento e aprendizagem garantidos num universo lúdico e sadio.

Estudos e pesquisas sobre o desenvolvimento humano, formação da personalidade, construção da inteligência e aprendizagem nos primeiros anos de vida apontaram para a necessidade de um trabalho pedagógico nesta faixa etária.Foi necessário uma readequação do sistema até porque é preciso ensinar valores, regras, limites,e  como se relacionar bem com o outro sem esquecer da orientação do conhecimento de Si e do Mundo, Linguagem Oral e Escrita, Diferentes Meios de Expressão, Cuidado e Higiene e Recursos Tecnológicos. Neste sentido, a Prefeitura Municipal de Corumbá, está envidando esforços para mudar o cenário existente, absorvendo o sistema positivo com apostilas reconhecidas nacionalmente. Entretanto como toda mudança, precisamos de empenho de todos e não só do poder público.

É família, coordenadores, professores, orientadores, pais, familiares, técnicos e essencialmente do próprio aluno que mesmo sabendo que ele é o centro do sistema, também é necessário que ele ajude a movimentar esta grande engrenagem, haja vista,  que o futuro espera pra dizer se seguimos o caminho certo.

* Professora na REME  laureada  com os títulos de Professor Inovador e  Professor por Excelência.