Maracaju recebe patrulha mecanizada e atende quilombo São Miguel

0
359

Por: Paulo Roberto

Na manhã testa terça feira (26), o Secretário de Governo Frederico Felini acompanhando do Diretor do Departamento Agropecuário Municipal Eloar Castelaci, estiveram no Quilombo São Miguel, na oportunidade foi entregue a patrulha mecanizada aos pequenos produtores.
A Patrulha Mecanizada entregue é composta de um Trator, uma grade, uma calcareadeira, uma concha e um encanteirador.

Os recursos são oriundos de emendas parlamentares de oito deputados federais e de três senadores. São equipamentos para agricultura familiar de 62 municípios do Mato Grosso do Sul.


As Patrulhas mecanizadas para Maracaju foi um pedido feito pelo prefeito Maurílio Ferreira Azambuja a Deputada Federal Teresa Cristina e a Senadora Simone Tebet, as duas parlamentares colocaram em suas emendas e graças a o esforço da bancada, Maracaju foi agraciado com duas patrulhas mecanizadas, a primeira já foi entregue para o Quilombo são Miguel.

Segundo Jorge Henrique Gonçalves Flores Presidente da Associação, a patrulha mecanizada e fundamental para o desenvolvimento da comunidade. “ Hoje, a nossa produção com o apoio do município, através de assistência técnica, e, colocação do produto no mercado como na merenda escolar aumentou muito, e com a patrulha mecanizada vamos poder atender a todas as famílias e melhorar ainda mais, aumentar a nossa produção e até a área plantada’disse Jorge.

Além da entrega dos equipamentos o Secretário de Governo fez uma reunião com os familiares, onde foram tratados vários assuntos, entre eles; a participação nas feiras livres, implantação da cozinha industrial e a perfuração de mais um poço com água encanada e tratada para a comunidade. ‘Hoje aqui representando o prefeito Maurílio, fico feliz em saber que o Quilombo vem se destacando, é realmente aquilo que o prefeito sempre diz, eles querem apenas oportunidade, receberam a oportunidade e agora produzem com qualidade e quantidade, vamos continuar com essa parceria, já são mais de 60 famílias, 40 que voltaram para a terra depois de verem que as parcerias são sérias, e hoje estão vivendo de seus sustento, com dignidade, isso é compensador. “O mostra que com criatividade, força de vontade e união, pode sim mudar muitas coisas para melhor”, disse Frederico Felini.