Pesca e meio ambiente Pantaneiro são discutidos em evento no MS

0
37

Informações e dados gerados pela equipe de profissionais da Embrapa Pantanal, que há mais de 20 anos realiza pesquisas nas diferentes áreas ligadas aos recursos pesqueiros na região pantaneira, foram apresentados pelo pesquisador da instituição, Agostinho Catella, durante o evento: “O Pantanal e a Bacia do Prata” – Estratégias frente as alterações climáticas e obras de infraestrutura, realizado nos dias 19 e 20 de novembro em Campo Grande – MS.

 

O evento reuniu pescadores profissionais, membros de comunidades tradicionais, representantes de ONGs e de diferentes instituições públicas e privadas ligados à pesca e ao meio ambiente, que tinham como objetivo comum, avançar na articulação de uma agenda estratégica de ações voltadas para a região do Pantanal e Bacia do Prata.

 

Em sua apresentação Agostinho Catella expos um panorama geral sobre a geografia e funcionamento dos sistemas hídricos da Bacia do Alto Paraguai que influenciam nas populações de peixes e suas particularidades.O pesquisador da Embrapa destacou, também,  a importância dos estudos desenvolvidos pela Embrapa Pantanal na geração de conhecimentos científicos necessários para subsidiar políticas públicas eficazes para a conservação e regulamentação do exercício de atividades extrativistas, como é o caso da pesca.

 

Durante a apresentação do pesquisador, os participantes tiveram acesso a informações obtidas nos estudos referentes aos recursos pesqueiros da região, considerando, ainda a ação dos fatores naturais e antrópicos sobre estes.

 

Após o evento, o pesquisador realizou entrevistas com os presidentes de colônias de pesca para a “Pesquisa de Opinião – Embrapa Pantanal 2014”, a fim de prospectar demandas e colher elementos para avaliação da visão dos participantes sobre os rumos da pesquisa na área a ser desenvolvido pela Unidade, visto que este público tem pouco acesso aos meios de informática, método utilizado para efetuar essa pesquisa de opinião.

 

Demais temas debatidos

 

Durante as atividades realizadas, foram discutidos os impactos causados pelas hidrovias e hidrelétricas, as vulnerabilidades ambientais, sociais e econômicas existentes no Pantanal, além de sugestões para solucionar os conflitos territoriais em áreas de proteção e comunidades tradicionais.

 

 O evento “O Pantanal e a Bacia do Prata: Estratégias frente as alterações climáticas e obras de infraestrutura” é uma realização da ECOA – Ecologia e Ação, em parceria com a Coordenação das Comunidades Tradicionais do Pantanal (CCTP).