PF de Dourados apreende 4 toneladas e maconha e 64 quilos de cocaína

0
262

Por volta das 14h30 do último sábado, dia 20 de julho, uma equipe de Policiais Federais de Dourados, durante barreira realizada na rodovia BR-163, no trevo do distrito de Nova América, no município de Caarapó, abordou um caminhão Mercedes Benz, com placas BXE-1685, carregado com banquinhos de madeira.

Ao verificar a nota fiscal da carga, notou-se que o remetente e o destinatário das mercadorias eram a mesma pessoa, o que levantou suspeita da equipe policial. O caminhão e motorista foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Federal de Dourados, onde, após vistoria, foi localizado, abaixo da carga de banquinhos, quatro toneladas, 617 quilos e 400 gramas de maconha.

O motorista P.D.S., 38 anos, residente em Londrina, no Paraná, assumiu a autoria do crime, alegando que foi contratado por R$ 20.000,00 para transportar a carga de Coronel Sapucaia até a cidade de São Paulo/SP, onde entregaria na rodovia Castelo Branco, mas não deu detalhes do contratante.

Esta foi a maior apreensão de maconha feita pela Polícia Federal este ano, no Brasil. Caso chegasse ao destino esta droga renderia a quantia de aproximadamente dois milhões de reais aos traficantes.

Na mesma data, mas por volta das 18h30, na rodovia MS-270 (Avenida Guaicurus), próximo à 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada, de Dourados, outra equipe da PF de Dourados abordou uma caminhonete, com placas ITG-5340, para fiscalização e após entrevista em separado com o motorista e a esposa dele que o acompanhava, percebeu contradições. Veículo e ocupantes foram encaminhados até a delegacia, onde, após minuciosa vistoria, foi localizado acima do estepe, na carroceria da caminhonete, em um local previamente preparado, 64 quilos e 300 gramas de cocaína, distribuídos em tabletes prensados.

O motorista R.P.S., 34 anos, morador em Campo Grande, confessou o crime, isentando a esposa e informou que foi contratado por um desconhecido em Ponta Porã para levar a droga até a cidade de São Paulo/SP e que receberia a importância de R$ 8.000,00 pelo transporte.

Esta foi a terceira apreensão de cocaína em menos de 30 dias, realizada pela Polícia Federal em Mato Grosso do Sul, totalizando 330 quilos da droga que foram retirada de circulação, impedindo a chegado aos grandes centros consumidores, dando um prejuízo aos narcotraficantes de aproximadamente quatro milhões de reais.

Os traficantes P.D.S. e R.P.S. foram autuados em flagrante por tráfico interestadual de drogas, Artigo 33 c/c 40, Inc V, da Lei 11.343/2006, ficando à disposição dos Juízes Estaduais de Caarapó e Dourados, respectivamente.

Referidas ações policiais foram desenvolvidas no âmbito da Operação Sentinela, um esforço conjunto da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal e da Força Nacional de Segurança, no combate aos crimes transnacionais em toda a fronteira seca do Brasil.