PMA antecipa fiscalização nos rios para evitar pesca predatória

0
70

Fiscalização é realizada nos rios de Mato Grosso do Sul para evitar pesca predatória – Foto: Divulgação/Arquivo

A PMA (Polícia Militar Ambiental) tem reforçado em todos os anos durante o mês de setembro e outubro a fiscalização nos rios em todo o Estado no intuito de prevenir e reprimir a pesca predatória. Desde a quinta-feira (1) teve início a Operação Pré-Piracema, tendo em vista a proximidade do período de piracema e, portanto, quando vários cardumes já se encontram formados, aumentando significantemente a presença de turistas.

A ação envolverá 380 policiais e englobará a Operação “Dia de Finados”, que era realizada todos os anos com início no dia 30 de outubro e se estendia até 3 de novembro. Ela se estenderá até o dia 6 de novembro às 8h, permanecendo um dia depois do fechamento da pesca na Bacia do Rio Paraguai.

Normalmente a operação acontecia a partir do dia 25 de outubro, porém há dois anos tem sido antecipada em razão dos problemas encontrados nos últimos dois meses de pesca aberta (setembro e outubro),em todos os anos.

Segundo a PMA só em setembro foram presos 42 pescadores, com 513 kg de pescado ilegal e apreendidos 6 km de redes de pesca (petrechos proibidos). Também foram autuados administrativamente quatro pescadores por falta de licença de pesca.

Os trabalhos preventivos serão intensificados ainda mais nesta “Operação Pré-piracema”, com participação das 25 subunidades da PMA no Estado, que darão maior atenção à questão relativa à pesca.

Douradosnews