Reciclagem: Conteiners estarão disponíveis para associações de moradores

0
660

Assessoria de Imprensa

Na noite desta segunda feira (17), a Primeira Dama Leila Gonçalves Azambuja  e a Assessora  do Recicla Maracaju Andréia Batista realizaram reunião  com os presidentes das associações de moradores de bairros, através da UMAM (União Maracajuense de Associação de Moradores), onde  a pauta foi reciclagem.

Andréia falou com os presidentes sobre a importância da reciclagem em todos os seus aspectos, financeiros, social, principalmente do fator meio ambiente. Andréia explicou o que pode ser reciclado e como pode ser armazenado, e onde pode ser destinado, além da coleta seletiva que já é feita pelo município. A assessora convidou a todos para conhecer a Projeto Recicla Maracaju e como ele funciona e o que mudou, e quais os benefícios que projeto proporciona.

“É de fundamental importância a participação das associações nesse projeto, já conseguimos progredir, mas vamos crescer ainda mais,  a participação das associações será de fundamental importância no projeto”, disse Andréia.

Presidente da Associação de Moradores do Alto Maracaju, Adilso Batista, disse que cada associação através de seu presidente deve abraçar essa causa, pois o projeto de reciclagem tem uma abrangência muito grande e seus benefícios são inúmeros,  e cada bairro, cada vila, possa fazer o seu melhor e todos saem ganhando.

  A Primeira Dama Leila Gonçalves, comunicou os presidentes que foram adquiridos 15 containers para a população colocar os materiais recicláveis. Segundo Leila, assim que encher os containers com material a prefeitura fará a coleta e leva os recicláveis até o projeto. “ Cada presidente vai indicar o melhor lugar para que possamos instalar o containers, é mais uma opção para a população, que realmente use, mas somente para recicláveis, será feito todo um trabalho de  orientação de quais produtos que podem ser reciclados e só esses produtos podem ser colocados. Essa é mais uma forma para melhorar a nossa coleta, mas vamos continuar com as coletas normais de reciclados, aos poucos a população está aderindo, já aumentamos a quantia de material coletado, mas tem muito ainda que pode ser aproveitado, e, vamos fazer de Maracaju uma referência também em recicláveis para o nosso Estado;municípios da região já estão vindo ver e conhecer o projeto Recicla Maracaju”, disse Leila.