Saúde: se a população faz a parte dela fica mais fácil combater

Agora é a hora que a população tem que continuar fiscalizando e fazendo a sua parte

0
1042

Assessoria de Imprensa

O prefeito Maurílio Ferreira Azambuja e o Coordenador da Saúde Atenção Básica no Município, médico Luiz Possi, estiveram nas emissoras de rádio tratando de alguns assuntos ligados a saúde.

A maior preocupação dos médicos é com relação ao mosquito da Dengue, o ultimo lira realizado, apresentou um número baixo em Maracaju, bem menos que a média estadual de infestação, mas, o que preocupa é a chegada do verão e das chuvas.

Agora é a hora que a população tem que continuar fiscalizando e fazendo a sua parte, ainda com mais vigor, cuidar do pátio de suas residências, não deixar nada que acumule água. “Se conseguimos chegar nesse número vamos manter ele baixo, vamos juntos combater o mosquito, não vamos deixar nosso município virar um caos com a dengue”, disse Luiz Possi.

Prefeito Maurílio falou que administrador nenhum sozinho vai conseguir controlar a Dengue a população tem que continuar nos ajudando e cuidando de seus quintais”. Além disso, segundo Dr Luiz, o governo federal e estadual não está disponibilizando larvicida e a preocupação nesse sentido e com as borracharias e ferro-velho, ele mandou um recado cada um vai ter que dar conta, e cuidar de seus depósitos a fiscalização vai ser grande e haverá multas.

Outro assunto tratado foi com relação ao Novembro Azul, este mês haverá campanhas e palestras, mas que o homem e a mulher devem se cuidar o ano todo, não só nas épocas de campanhas, o melhor remédio é a prevenção.

Dr lembrou ainda que não adianta só o PSA, os homens acima dos 45 anos devem fazer o toque, deixar de lado o preconceito, a saúde tem que falar mais alto.

Outro dado importante passado pelos médicos é que Maracaju atingiu e 100% a meta de vacinação contra sarampo.