Senai de Campo Grande dá largada para Grand Prix e alunos têm 10h para completar desafios

0
2240

DICOM Senai

Divididos em duas escuderias, os alunos dos cursos técnicos em administração, mecânica automotiva, logística, mecânica, automação industrial, assistente administrativo e assistente de produção do Senai de Campo Grande iniciaram, nesta terça-feira (23/08), uma edição especial do Grand Prix de Inovação. Trata-se de uma corrida de inovação aberta em que equipes multidisciplinares desenvolvem e prototipam soluções inovadoras para um desafio que melhore o desempenho da indústria de Mato Grosso do Sul.

 

Nesta edição, a equipe pedagógica do Senai da Capital apresentou dois desafios: “Como aumentar e medir o engajamento dos funcionários nos assuntos relacionados à sua saúde?” e “Como chegar ao melhor resultado nas comunicações repassadas nas organizações?”. “Os professores reuniram-se e chegaram a esses dois desafios. Agora, os alunos poderão escolhe um deles para trabalhar em uma solução”, explicou a coordenadora pedagógica do Senai de Campo Grande, Juliana Mendes.

 

Ela acrescenta que as duas equipes terão dez horas para completar o desafio, sendo duas horas nesta terça-feira, quatro horas na quarta-feira (24/04) e quatro horas na quinta-feira (25/04). “Na sexta-feira (26/04), será realizada a apresentação dos projetos para uma banca, que irá escolher a escuderia vencedora”, completou.

 

Juliana Mendes ainda destaca que o objetivo é fazer com que os alunos tenham dentro deles acesa a chama da inovação. “O mercado de trabalho pertence a essas pessoas inovadoras, mas elas precisam saber planejar suas ideias, buscar as parcerias corretas e se comunicar bem para vender os seus projetos. E nós do Senai queremos que essas inovações sejam aplicadas”, reforçou.

Na avaliação do aluno do curso técnico em administração, Matheus Araújo, a expectativa é de, além de vencer a competição, desenvolver a capacidade de empreender e inovar. “É a primeira vez que participo de um Grand Prix do Senai e acredito que é uma grande oportunidade de desenvolvermos nossas capacidades, principalmente quando se fala em inovação, que é algo que o Senai busca reforçar diariamente com seus alunos”, comentou.

 

Para o aluno Renan Carvalho Gerônimo, que faz o curso técnico em mecânica automotiva, participar da competição é mais uma forma de se preparar para o mercado de trabalho. “Sabemos que as empresas de um modo geral buscam um profissional que saiba lidar com desafios e seja propositivo, então esse é um momento de nos prepararmos ainda mais. Acredito ainda que participar de uma escuderia com alunos de outros cursos vai nos ajudar a abrir a mente para analisarmos os problemas com outros pontos de vista, o que é bastante enriquecedor”, finalizou.