Takimoto defende manifestações ordeiras e pede atenção ao sentimento das ruas

0
310

As anunciadas mobilizações contra e a favor do impeachment da presidenta Dilma Rousseff (PT) programadas para o próximo final de semana devem se vistas como legítimo exercício da liberdade democrática, afirma o deputado estadual George Takimoto (PDT). Ele não vê razão para alarmismo e nem temor com a presença do povo nas ruas, desde que as manifestações sejam pautadas pela civilidade, pela ordem e pelo respeito às pessoas e ao patrimônio material.
“Não advogo a tese do impeachment, mas a presidente precisa sentir e levar em conta que há um lamor impositivo por mudanças. Ninguém faz um bom governo se ignorar o sentimento das ruas”, analisa Takimoto.
O parlamentar pedetista salienta que há reivindicações legítimas dando respaldo às manifestações, sobretudo alguns problemas pontuais antigos que já deveriam ter sido solucionados. “O caos na saúde é pleno de situações absurdas, revoltantes. Não se admite que pacientes com graves problemas de saúde, muitas vezes em risco de morte, sejam obrigadas a amargar meses à espera de uma cirurgia e até de um exame”, exemplifica.
Para Takimoto, os manifestantes precisam ser suficientemente organizados e atentos para impedir qualquer ato de violência ou desordem. “Perturbar a ordem pública desqualificaria a manifestação, tiraria seu foco da legitimidade e faria o sistema democrático perder uma ótima oportunidade de aperfeiçoar-se”, reforça. (Edson Moraes).