Tetila quer designação de delegado de polícia civil para atuar em Coronel Sapucaia

0
200

O deputado estadual Laerte Tetila (PT) solicitou, nesta quinta-feira (20), ao Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul, Wantuir Jacini, a designação de um Delegado de Polícia Civil para atuar na Delegacia da cidade de Coronel Sapucaia, bem como de Agentes de Polícia Civil ou Agentes de investigação para realizar trabalhos de apuração de crimes.

 

Coronel Sapucaia, apontada pelo Mapa da Violência como um dos municípios com as maiores taxas de criminalidade do país, está, desde o início do ano passado, sem Delegado de Polícia Civil. A população, de cerca de 14 mil pessoas, está assustada com os crescentes registros de assaltos na cidade que faz fronteira com o Paraguai, bem como com os assassinatos ligados a traficantes e contrabandistas que atuam na região.

 

Para Tetila, apesar dos esforços da Polícia Militar para garantir a segurança dos habitantes, a carência de policiais civis em Coronel Sapucaia tem contribuído para demora na investigação, elucidação e na resposta à sociedade de alguns crimes ocorridos no município. 

 

Outro problema provocado pela falta de efetivo é a falha no atendimento policial quanto a registros básicos para o banco de dados dos policiais. Como falta Policiais Civis na cidade, registros de boletins de ocorrências e de flagrantes não podem ser feitos nos finais de semana. A indicação de deputado Tetila teve cópia encaminhada ao Delegado Geral da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, Jorge Razanaukas Neto.