Três sul-mato-grossenses morreram na tragédia de Santa Maria

0
107

Três jovens de Mato Grosso do Sul morreram na madrugada de ontem (27), durante o incêndio na Boate Kiss, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul. O estudante de Odontologia da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), David Santiago Souza e a estudante de Administração Flávia de Carli Magalhães, 18 anos, morreram na hora. Ana Paula Rodrigues, 21 anos, moradora de Mundo Novo, foi ferida e encaminhada ao hospital da cidade Cachoeira do Sul, distante 120 quilômetros de Santa Maria. Ela não resistiu e morreu na noite de ontem (27).

Na página de David no Facebook, colegas da época da escola postaram fotos dele com a turma. No Colégio Auxiliadora, onde ele estudava, o jovem foi apelidado pela turma 3° ano B, de Rooney por parecer fisicamente com o jogador de futebol Wayne Rooney, do Manchester United, time da Inglaterra.

Flávia e o namorado Luiz Fernando Donati, 18, estudavam na UFSM (Universidade Federal de Santa Maria) em campus diferentes. Ele estudava no campus da cidade e ela em Palmeiras das Missões. Desde que foram aprovados no vestibular combinaram de passar todos os finais de semana juntos, um em cada cidade. Neste fim de semana eles estavam passando o fim de semana em Santa Maria para ir à festa na boate Kiss. Eles foram velados juntos, no final da noite de ontem, em Palmeira das Missões.

Ana Paula passava férias no Rio Grande do Sul na companhia de um casal de amigos de Mundo Novo. Ele foi à boate com um amigo residente em Santa Maria. A jovem foi socorrida e internada em estado grave em um dos hospitais da cidade, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos. Ela faleceu por volta das 23 horas do domingo, momento em que familiares da jovem já estavam em viagem com destino a Santa Maria. O corpo deve ser transladado para o sepultamento em Mundo Novo.

A boate estava lotada no momento do incêndio, por volta das 1h30 (horário de Mato Grosso do Sul). O fogo foi provocado após o vocalista da banda Gurizada Fandangueira acender um sinalizador no palco durante o show. Uma faísca acabou atingindo o teto da boate, que era revestida de espuma para isolamento acústico – altamente inflamável.

(Com informações do Jornal Correio do Estado, Jovem Sul News e O Liberal News)