Com meta abaixo do esperado Maracaju continua vacinação contra Influenza

0
250

Assessoria de Imprensa

Campanha de Vacinação contra a influenza mostrou um mapa regional com muitas diferenças na cobertura nacional à meta era de proteger 54,4 milhões de indivíduos dentro do grupo de risco.

Alguns estados superaram as expectativas outros não atingiram a meta ficando bem abaixo do índice.

A região  Centro – Oeste teve uma boa área cobertura com 90%, o Estado ficou abaixo da meta 86%, com  209 casos de internação proveniente da influenza, deixando os doentes   em UTI com problema grave de respiração, resultando em  20 mortes no Estado.

Maracaju com 65% da área de cobertura  ficou muito abaixo da meta de 90% dos grupos de risco, durante está semana até o final do mês, vai continuar a vacina para os grupos de crianças até 5 anos até 10 anos aumentando a idade que era só até 5 anos, idosos  acima de 50 até 60 anos entraram na faixa e esta semana podem procurar o posto de saúde mais próximo de sua residência e tomar sua vacina.

Para o Médico Luiz Possi, até o momento é um numero muito baixo, “ Mas não foi por falta de campanha e orientação , sem contar que as chances de cura para quem pegar a gripe, sem estar imunizado e muito pequena em relação aquém tomou a vacina.

Além do custo para o país, um paciente que faz parte do grupo de risco ficar hospitalizado sem ser vacinado, o custo é muito alto para recuperação da saúde do paciente, além do risco de vida que ele corre” disse Luiz. Lembrou ainda, outro fator importante, ano que vem, o governo manda a vacina de acordo com que foi imunizado e registrado, ou seja, para 2019 Maracaju poderá perder 3 mil doses de vacina,  correndo o risco de faltar até para quem está na faixa de risco, e não se imunizou este ano.