Showtec2024
DESTAQUESPOLITICA

Mais de 169 mil douradenses estão aptos para votar no segundo turno

Douradosagora

No próximo domingo (30) acontece o segundo turno das eleições no Brasil para mais de 156 milhões de eleitores. No Mato Grosso do Sul, além do voto para presidente, o eleitor escolhe também quem vai ser o sucessor de Reinaldo Azambuja no Governo do Estado. Para facilitar o acesso dos aproximadamente 169 mil eleitores aos 80 locais de votação espalhados pelo município, a Prefeitura de Dourados vai disponibilizar transporte gratuito entre 6h e 18h.

Assim como aconteceu no primeiro turno, as seções eleitorais abrem às 7h e seguem até 16h. Caso o eleitor esteja na fila de sua seção aguardando a hora do voto, terá o direito de participar do pleito garantido. A votação seguirá até que todos que estiverem esperando tenham votado e só daí o presidente irá encerrar o trabalho.

Neste segundo turno, eleitores que, por qualquer motivo, não tenham votado no último dia 2 de outubro, poderão votar normalmente. “O eleitor tem até 60 dias após a eleição para justificar sua ausência. Caso não tenha comparecido no primeiro turno, isso não o impede de votar no segundo”, explica Israel Lins, analista judiciário da 18ª Zona Eleitoral de Dourados.

Em todo o município, 35.217 eleitores não compareceram nas urnas no primeiro turno, ou seja, 20,83% de abstenção, quase que exatamente a média nacional de abstenção, que foi de 20,9%.

Mais de 169 mil douradenses estão aptos para votar no segundo turno
Servidores do TRE fizeram a preparação das urnas para a votação em segundo turno (Foto: Assecom)

Planeje-se para o voto

Para evitar transtornos, o eleitor douradense pode, através dos meios eletrônicos, confirmar o local de votação e planejar sua ida com calma. Nos sites do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) o cidadão pode fazer a busca, devendo informar o número do CPF ou do título de eleitor, a data de nascimento e o nome da mãe. O resultado indicará os números da zona eleitoral, da seção eleitoral e o endereço do local de votação.

Em Dourados, são duas zonas eleitorais. A 18ª zona eleitoral tem 45 locais de votação, com 311 seções e onde votam 93.180 eleitores. Na 43ª zona eleitoral, são 35 locais de votação, 247 seções para 75.892 eleitores. Além desses, outros 1.318 eleitores farão voto em trânsito no segundo turno. “Esses votam em uma das quatro seções localizadas na OAB”, ressalta Israel Lins.

Pelo aplicativo e-Título, além de saber o local de votação, o eleitor também pode ativar a localização do celular e ser guiado até sua zona eleitoral por meio de um mapa virtual. A ferramenta pode ser baixada gratuitamente e está disponível nas lojas de aplicativos dos sistemas operacionais Apple e Android até sábado (29), dia anterior à eleição.

Para o eleitor que tem sua biometria cadastrada, o e-Título também serve como documento de identificação para votar, substituindo o título de papel ou outro documento de identificação com foto.

Segundo Israel, a função do aparelho termina aí e deve ser deixado com o mesário até ser concluído o processo de votação. “O uso de qualquer equipamento que faça imagens dentro da cabine de votação é proibido para garantir a inviolabilidade do sigilo do voto. Isso não é novidade e está previsto na lei e nas resoluções do TSE faz muitos anos”.

Mas para a votação, o eleitor pode ter ajuda. “Se ele achar necessário levar uma colinha com os números dos candidatos de sua preferência para não esquecer, isso pode ser feito”, completa Israel.

Para facilitar, a orientação é para que essa cola seja feita com os números na ordem em que é processada a votação. Primeiro o eleitor escolhe o governador e no Mato Grosso do Sul a disputa está entre Capitão Contar (28) e Eduardo Riedel (45). Depois, o voto será para presidente e a disputa está entre Jair Bolsonaro (22) e Luís Inácio Lula da Silva (13).

Fake News

O TSE disponibiliza uma página para que o eleitor tire suas dúvidas em relação ao sistema de votação e mentiras, ou fake news, recebidas pelas redes sociais e aplicativos de mensagens. Basta clicar aqui e ter informações confiáveis sobre as eleições.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo