DESTAQUESTECNOLOGIA

Sicredi Pantanal MS alerta população para riscos de golpes

Borsari Comunicação

Dados da Serasa apontam que a cada sete segundos um brasileiro é vítima de fraudadores. O número é alarmante e mostra a importância de alertar a população sobre golpes mais comuns e como evitar.

Para o assessor de Controles Internos da Sicredi Pantanal MS, Carlos Rosa, a melhor tática é a prevenção. “Tenha consciência de que uma instituição financeira nunca solicitará suas senhas, códigos e dados pessoais, sempre desconfie de mensagens estimulando a clicar em algum link ou para ligar em números de telefones desconhecidos”.

Rosa reforça que se estiver inseguro o melhor caminho é entrar em contato com o gerente da conta. “Atualmente, o golpe mais comum é o golpe do Whatsapp, no qual criminosos tentam se passar por familiares e amigos pedindo dinheiro. Como é fácil usar o aplicativo e também adquirir chips de celulares, se torna um dos golpes mais aplicados”.

Neste caso, o especialista recomenda que se algum familiar ou amigo, supostamente, pedir alguma quantia, entrar em contato com a pessoa por ligação e garantir pela voz que não se trata de um golpe.

Há ainda a estratégia do falso funcionário, no qual a quadrilha especializada liga para a pessoa, ou manda uma mensagem de texto, apresentando-se como atendente de banco ou da cooperativa de crédito, com o intuito de conseguir as senhas dos aplicativos ou dados de cartão. “Recomendamos que você nunca forneça dados pessoais, senhas, códigos por telefone e nem presencialmente para estranhos”.

O terceiro golpe mais realizado é o da clonagem de cartões, muito comum em captura de dados nas compras virtuais. “Uma boa tática é que no aplicativo há a opção de usar o cartão virtual, onde o código de segurança muda a cada compra, tornando a captura dos dados inútil para os fraudadores”.

Cai num golpe e agora?

  • Primeira coisa é estancar o meio do golpe: bloqueie o cartão, aplicativos, etc.
  • Ligar pro gerente da sua conta e relate a situação
  • Em seguida, procure a polícia e faça o boletim de ocorrência. Procure seus direitos.

O Sicredi tem uma cartilha de segurança digital, para acessar clique em: https://www.sicredi.com.br/media/coop/filer_public/2022/07/12/relatorio_cartilha_segurancadigital2020.pdf

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo