Maracaju 100 anos
ECONOMIA

Acumulado supera 35 mi de toneladas de cana-de-açúcar moída

O volume de cana-de-açúcar processada na segunda quinzena de outubro deste ano em Mato Grosso do Sul atingiu 2,22 milhões de toneladas, 8,81% menor se comparado ao mesmo período da safra passada, que apresentou 2,44 milhões de toneladas.

Os números da produção acumulada desde o início da safra 2013/2014 até a segunda quinzena de outubro, com o mesmo período da safra anterior, indicam um crescimento de 12,79%, totalizando 35,29 milhões de toneladas de cana.

De acordo com dados da Biosul – Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul –, o indicador do ATR (Açúcares Totais Recuperáveis) por tonelada de cana teve uma queda de 19,59% nesta quinzena, atingindo 115,19 kg, números que representam uma baixa na qualidade da produção de cana.

De acordo com o presidente da Biosul, Roberto Hollanda Filho, a previsão para encerrar a safra 2013/2014 é com 40 milhões de toneladas de cana. “Se conseguirmos manter nossa produção e o tempo não nos surpreender, acredito que nossa meta será atingida”, prevê o presidente.

Outros dados

O volume de produção na segunda quinzena de outubro não apresentou números satisfatórios. O açúcar e etanol hidratado tiveram queda de 51,30% e 29,34% respectivamente em relação a mesma quinzena da safra 2012/2013. Já o etanol anidro apresentou um aumento de 39,86%. Logo, o etanol total desta quinzena também apresentou queda, com variação de 13,48% comparada com a primeira produção quinzenal de outubro da safra passada.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo