Considerada o alimento do século, mandioca pode ser utilizada para produção de diversos pratos

Presente nas refeições do sul-mato-grossense, seja no churrasco ou acompanhando as demais refeições, a mandioca foi considerada o alimento do século pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO). A raiz pode ser utilizada para o preparo de diversos alimentos, desafio proposto no curso de ‘Beneficiamento e transformação caseira da mandioca’, realizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de MS (Senar/MS – Sistema Famasul).

 

A instrutora da entidade, Marina Almeida Souza, destaca o baixo custo e a facilidade de encontrar a raiz nos supermercados. “A mandioca é muito consumida no Estado e esse fator gera oportunidade de renda para quem investe na produção de pratos que levam a raiz”, diz Marina, que incentiva os participantes do curso a ir além da produção doméstica.

 

Marina explica a receita de “bife de mandioca empanado”. Preparado no curso, o prato leva a entre-casca da raiz, carne cortada em bifes, ovos batidos, farinha e tempero a gosto. A entre-casca da mandioca é descascada, lavada e em seguida cozida com água e sal e após esse processo, o preparo é bem parecido ao do bife empanado convencional. “A diferença é que a entre-casca cozida é colocada juntamente com o bife e depois untada com ovos temperados e por fim, empanada na farinha”, detalha a instrutora do Senar/MS.

 

Além da receita do bife empanado, são preparados outros pratos como bolo de mandioca, pão de queijo, chipa, coxinha, croquete, palmito, torta salgada, pudim e bom-bocado, além da farinha e do polvilho doce de mandioca. Marina relata ainda a importância do conhecimento de noções de higiene no preparo dos alimentos. “Explanamos a necessidade do cuidado com a limpeza dos alimentos para evitar a contaminação e também o surgimento de doenças através dos alimentos”, finaliza.

 

O curso de beneficiamento e transformação caseira da mandioca acontece de 1º a 03 de abril em Figueirão e será realizado na sede do Sindicato Rural do município. De 31 de março a 04 de abril, a entidade oferece 56 capacitações no Estado. Para conhecer a lista de qualificações, acesse www.senarms.org.br ou entre em contato no 3320-9700.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here