POLITICA

Prefeitos participam de marcha em Brasília para pedir aumento de repasses e verbas do PAC

A Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul (Assomasul) espera que pelo menos 40 prefeitos do Estado participem da “XVI Marcha A Brasília em Defesa dos Municípios”, que acontece hoje e amanhã. Neste ano, o evento promovido pela CNM (Confederação Nacional de Municípios), que tem como tema “o desequilíbrio federativo e a crise nos municípios”, pretende reunir em torno de 4 mil gestores públicos de todo o País.

O prefeito de Naviraí, Léo Matos (PV), participa da marcha pela primeira vez. Ele espera que o Governo Federal cumpra as promessas feitas no começo do ano. Para Naviraí, o prefeito espera pelo menos a aprovação dos projetos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

O prefeito apresentou dois projetos de pavimentação e aguarda a liberação. Um projeto, de R$ 5,5 milhões, vai garantir o asfalto e a drenagem do bairro Ipê. Já o segundo projeto, de R$ 9,5 milhões, prevê a pavimentação da Vila Alta, Jardim Paraíso e Jardim Oasis. “Estamos aguardando. Vamos ver se cumprem a promessa do início do ano”, explicou.

O deputado federal Fábio Trad (PMDB) está acompanhando os prefeitos, que segundo ele, esperam um reajuste dos valores repassados pelo Fundo de Participação dos Municípios. “Estou engrossando o coro dos prefeitos para fortalecer o municipalismo. Eles esperam o reajuste do repasse de FPM”. O deputado informou que ouviu lideranças dizerem que a presidente Dilma Rousseff (PT) deve participar do evento para falar sobre novidades, principalmente na área da Saúde.

Segundo o site da Assomasul, há possibilidade da presidente acelerar a liberação de R$ 7 bilhões para a Saúde e lançar o edital para a fixação de 10 mil médicos, brasileiros e estrangeiros, nas cidades do interior do país. Porém, há informações de que por conta da contenção de despesas, está descartada a possibilidade de ampliação de recursos e da participação dos municípios no bolo tributário.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo