Showtec2024
ARTIGOSDESTAQUESSAUDE

Vitamina D ajuda a manter sua imunidade em dia

Camila Crepaldi 

Importante para o funcionamento do organismo, a vitamina D atua na saúde óssea, crescimento, imunidade, musculatura, metabolismo e em vários órgãos e sistemas, como o cardiovascular e o sistema nervoso central.

A principal fonte da vitamina D acontece com a exposição da pele à radiação ultravioleta B2 e com uma dieta rica em alimentos com esse composto. “A obtenção natural da Vitamina D deve ocorrer entre às 10 e 16 horas. Porém, deve ser controlada, devido ao risco aumentado de doenças de pele como os cânceres além do envelhecimento. Ela também influencia na produção do cálcio e paratormônio, produzido pelas paratireoides.”, alerta a médica dermatologista e professora do curso de Medicina da Uniderp, Thamires Gorga.

É importante ressaltar que os alimentos fontes de vitamina D são responsáveis por apenas 20% da reposição e que os níveis inadequados de vitamina D são considerados um problema de saúde pública. Monitorá-los no organismo, em consultas de rotina com seu médico de confiança, ajuda a identificar a deficiência e prevenir as patologias relacionadas à sua falta. Nosso organismo produz os precursores de vitamina D, mas precisa da exposição solar para que ocorra uma ativação, como um botão de liga e desliga. Peixes oleosos, gema de ovo e cogumelos são fontes alimentares de vitamina D.

Quais sintomas apontam para a deficiência de vitamina D?

Com as campanhas de diminuição da exposição solar por vários fatores, além dos períodos de melhor absorção da Vitamina D serem os horários que a maioria das pessoas estão no trabalho, em ambientes fechados, a taxa de pacientes com deficiência de vitamina D vem aumentando; conforme explica a especialista. “Alguns pacientes não dão muita importância quando mencionamos o baixo nível de determinadas vitaminas, no caso da D, a ausência pode ser notada quando há indisposição, fadiga, doenças inflamatórias e alterações no metabolismo ósseo, podendo até estar ligada à osteoporose. As mudanças acontecem pois o composto auxilia na regulação dos níveis de fosfato e cálcio no organismo”, explica a Dra. Thamires.

A indicação de suplementação deve partir da análise de vitamina D no sangue, caso o médico identifique a necessidade; lembrando que a dosagem de Vitamina D deve fazer parte do check-up anual de todos os pacientes. A dosagem adequada presente em cada indivíduo é medida através de um exame de sangue, q aponta os níveis de 25 OH D3 – que é a vitamina D após o processo de passagem pelo fígado. Essa dosagem contempla a vitamina produzida pelo corpo e a ingerida na alimentação ou suplementação.

Em contrapartida, a dermatologista alerta quanto ao excesso de vitamina D que pode gerar sérias consequências à saúde. Chamada de hipervitaminose D, essa dose extra pode causar náuseas, fraqueza muscular e desidratação, levando à perda de apetite, perda de peso e até confusão mental.

Sobre a UNIDERP

Fundada em 1974, a Uniderp já transformou a vida de milhares de alunos, oferecendo educação de qualidade e conteúdo compatível com o mercado de trabalho em seus cursos de graduação, pós-graduação lato sensu, mestrado, doutorado e extensão, presenciais ou a distância. Presente no estado do Mato Grosso do Sul, a Uniderp presta inúmeros serviços gratuitos à população por meio do Núcleo de Práticas Jurídicas e das Clínicas-Escola na área de Saúde, locais em que os acadêmicos desenvolvem os estudos práticos. Focada na excelência da integração entre ensino, pesquisa e extensão, a Uniderp oferece formação de qualidade e tem em seu DNA a preocupação de compartilhar o conhecimento com a sociedade também por meio de projetos e ações sociais. Em 2014, a Uniderp passou a integrar a Kroton. Para mais informações, acesse: http://www.uniderp.br/ e https://blog.uniderp.com.br/category/noticias/

Sobre a Kroton Med

A Kroton Med é a unidade de negócio da Kroton voltada para a Medicina. Criada em 2021, a Kroton Med possui mais de 3 mil alunos matriculados no curso de Medicina em 6 instituições de ensino superior: Unic, no Mato Grosso; Uniderp, no Mato Grosso do Sul; Unime Lauro de Freitas e Pitágoras Eunápolis, na Bahia; e Pitágoras Codó e Bacabal, no Maranhão. A Kroton Med possui mais de 7 mil alunos em cursos de Saúde Presencial, mais de 18 mil alunos em outros cursos presenciais de alto valor agregado. Os cursos recebem investimentos constantes para aprimoramento da infraestrutura, que inclui laboratórios e ferramentas que utilizam as mais avançadas tecnologias voltadas ao ensino da Medicina. As instituições possuem parceria com clínicas e hospitais que atendem a população, possibilitando ao aluno acesso a um alto nível de educação que reúne teoria e prática e uma preparação eficiente para sua inserção no mercado de trabalho.

 

 

 

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo