Irmãos roubam taxista, se fingem de pescadores, mas acabam presos

 

Dupla cometeu crime em Campo Grande e seguia para o Paraguai

 

Veículo roubado foi recuperado pela PRF. Foto: Dourados Agora

Dois irmãos de origem paraguaia, residentes em Ponta Porã, foram presos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no início da manhã desta terça-feira, acusados de roubo a um taxista em Campo Grande. Os jovens, um de 18 e outro de 20 anos, estão detidos na Delegacia Especializada de Repreensão aos Crimes de Fronteira (Defron), em Dourados.

Segundo a polícia, a ação deles teve início na manhã ontem por volta das 11 horas, quando embarcaram em um ônibus intermunicipal que seguia para Campo Grande. Aproximadamente às 17 horas eles desembarcaram na rodoviária da Capital e acionaram um táxi, afirmando que queriam chegar ao centro da cidade.

Durante o trajeto, um dos irmãos sacou uma arma de brinquedo e anunciou o assalto, entretanto, ao invés de se render, o taxista reagiu, dando início a uma luta corporal. A dupla levou a melhor e expulsou a vítima, fugindo com o carro, um Chevrolet Cobalt. As autoridades locais foram avisadas e por sua vez, comunicaram as polícias da região.

Às 3 horas desta terça-feira, o táxi foi avistado na rodovia BR-463, no Posto Capey, entre Dourados e Ponta Porã. Ao notar a aproximação do veículo suspeito, a PRF deu ordem de parada; os indivíduos fizeram menção de obedecer, mas quando chegaram próximos ao bloqueio, aceleraram e quase atropelaram os policiais que revidaram atirando três vezes.

Os disparos atingiram a roda, a lanterna traseira e a lateral do carro. Alguns quilômetros à frente, o Cobalt foi abandonado e os jovens desapareceram. No início da manhã, moradores das propriedades rurais perceberam dois indivíduos sujos que transitavam pela região. Ao serem abordados, afirmaram que eram pescadores; desculpa que não foi convincente.

A PRF foi informada do caso e conseguiu identificá-los rapidamente, efetuando a prisão. Os dois estão em celas da Defron.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here