DESTAQUES

Cerimônia de abertura da 53ª Expomara reúne grande público entre autoridades, produtores e a comunidade em geral

Por: Assessoria de Imprensa/Vanessa Bordin

Na noite desta terça-feira (04), o Sindicato Rural de Maracaju realizou a abertura da 53ª Expomara, Feira Agropecuária de Maracaju que nesta edição comemora os 100 anos do município. Um grande público esteve presente entre autoridades locais e estaduais, lideranças, produtores rurais, gestores e a comunidade em geral. Em torno de 400 pessoas acompanharam o evento realizado no Tatersal do Parque de Exposições, com transmissão ao vivo pelo Facebook do Sindicato.

Durante a cerimônia, o presidente do Sindicato Rural de Maracaju, Marco Antônio Guimarães Marcondes ressaltou a importância que o município tem pela história das famílias que chegaram e trabalharam, dos imigrantes que acreditaram nessa terra e pelo povo trabalhador. Marco Antônio citou a trajetória de evolução e de desenvolvimento de Maracaju, principalmente, no setor da pecuária e da agricultura.

“Esse progresso de Maracaju é possível por meio da educação e de parcerias importantes, gerando conhecimento com a oferta de cursos e capacitações e, sobretudo, com um trabalho sério em prol de fazer a cidade crescer ainda mais. Me sinto privilegiado de estar à frente do Sindicato em um momento que Maracaju celebra seus 100 anos, isso representa história, e um legado que deixaremos para as futuras gerações”, frisou Marcondes.

O prefeito de Maracaju, Marcos Calderan, destacou o papel da atual gestão em melhorar a vida das pessoas por meio de investimentos em muitas áreas, seja na educação, saúde, infraestrutura e outras. “Muito fizemos, mas muito ainda iremos fazer para melhorar ainda mais a nossa cidade, sempre respeitando as pessoas e trabalhando com seriedade”.

O Secretário de Estado de Administração, Frederico Felini, que é de Maracaju e esteve representando o Governador Eduardo Riedel, enfatizou a importância de Maracaju para o estado, a pujança e o potencial de mais crescimento. Ao final de seu pronunciamento, Felini recitou um verso em homenagem ao município mostrando o carinho que têm pela cidade onde nasceu e cresceu.

Homenagens

Durante a abertura, o Sindicato Rural prestou uma homenagem a algumas pessoas que fizeram história em Maracaju e que hoje representam um pouco destes 100 anos que o município celebra. Foram homenageados Thereza Ferreira Correa, Mauro Corrêa Lima, Adolpho Ferreira de Souza, Athêmio Olegário de Souza, Ake Van der Vinne, Leida Abbadia de Figueiredo Marcondes, Mônica Riedel, Ione Trindade Terra, Ieda Nakagaki, Serafim Paes Romero, e todos estes por terem contribuído com a história da cidade e ainda, Mario Aniz (ex-presidente do Sindicato), João Bariane (expositor desde 1996 na Praça de Alimentação) e Diego Pavanelli da John Deere (expondo desde 2003 na feira).

A Expomara recebe a parceria da Prefeitura de Maracaju e Governo do Estado, com apoio de várias instituições, entidades e empresas como a Fundação de Cultura, a Câmara de Vereadores, Aprosoja/MS, Sistema Famasul, Senar, Sebrae, Sicredi entre outros.

A cerimônia marcou também a entrega da “Cápsula do Tempo”, um projeto idealizado pelo ex-presidente do Sindicato Rural, Fábio Caminha e encabeçado pelo prefeito Marcos Calderan. Nessa cápsula, os moradores poderão guardar suas cartas com anseios para o município e depositar além de sonhos, suas esperanças. A ideia, é abrir a cápsula daqui 26 anos.

A feira vai até 11 de junho com portões abertos.

 

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo