Maracaju 100 anos
NOTÍCIAS

Tornado na região de fronteira de MS durou poucos minutos e 'levantou' pedreiro

O tornado que atingiu Aral Moreira, a 402 km de Campo Grande, na tarde desta quinta-feira (24) levantou barracão de empresa de aviação agrícola e destelhou várias casas. Fabíola Cristina Soligo, que estava no escritório, a 300 metros do barracão, contou os detalhes ao Midiamax e revelou que o tornado durou de três a quatro minutos.

Segundo Fabíola, o tornado aconteceu por volta das 15h. “De repente o tempo ficou bem preto, estranhei porque era cedo. Aí começou a esquentar muito e a ventar. Sai e vi um monte de gente olhando um redemoinho, igual daqueles que a gente vê na televisão, só que um pouco menor”, relata.

O tornado estragou todo o barracão da empresa, estragando tudo que tinha dentro dele. Um pedreiro conhecido como Mané estava dentro do barracão e se jogou no chão, achando que ia morrer. Ele garante que sentiu como se tivesse sido levantado do chão pelo vento.

 
 

De acordo com Fabíola, até a moto do pedreiro voou.

A duração do tornado foi de três a quatro minutos. “Mais estranho ainda foi que logo depois veio uma chuva forte, que durou uns vinte minutos e ai já abriu o tempo de novo, como se nada tivesse acontecido”, conta Fabíola.

Fabíola disse ter assustado muito na hora que viu o tornado. “Fiquei com medo, não sabia para que lado ia, o que ia acontecer, fiquei sem reação”, explica.

Casas do distrito de Rio Verde do Sul, dentro de Aral Moreira, também foram fortemente atingidas, segundo a assessoria da Prefeitura da cidade.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo